A Coordenação do Ensino de Alemão no Brasil


*Henning Fülbier

 

O Rio Grande do Sul e o Brasil olham com um orgulho justificado para os 180 anos da imigração alemã. Imigrantes alemães de todas as camadas sociais realizaram grandes feitos neste país; pertencem certamente às maiores conquistas culturais as numerosas escolas comunitárias e oficiais que foram criadas por alemães, muitas vezes pastores. Igreja, escola e cemitério formam ainda hoje uma inconfundível unidade em muitas comunidades do RS; elas
simbolizam estações de mesma importância da vida humana: da infância até a morte.
A língua e a cultura alemãs têm ainda hoje grande importância em muitos municípios. Isto se mostra não somente nas festas locais, como na música e na dança, mas também do dia-
a-dia das pessoas. A melhoria dos meios de transportes e de comunicação contribuiu para que as colônias alemãs no interior, nas quais somente se fala alemão, estejam se reduzindo. De outro lado, muitos prefeitos e secretários de educação estão engajados de forma notável na preservação da tradição histórica e querem de todas as maneiras manter ou introduzir a língua alemã nas suas escolas, se tivessem os professores habilitados para tal. Assim podemos afirmar que, apesar de muitos temores, a língua alemã continua presente após 180 anos. Podemos ver isto como um jogo de números: no ultimo ano, 18.000 alunos aprenderam a língua alemã em 250 escolas! O número de alunos que realizam algum exame nesta língua, reconhecido também na Alemanha, aumentou continuamente nos últimos anos. Somente no ano de 2003, 1819 alunos participaram com sucesso em algum dessas provas. O ministério das Relações Exteriores da República Federal da Alemanha apóia no quadro de sua política cultural para o estrangeiro o ensino da língua alemã no Brasil através de recursos financeiros e de pessoal. Já há muitos anos existe um Coordenador da Língua Alemã que é enviado e mantido financeiramente pelo Departamento Central para o Ensino Exterior Zentralstelle für das Auslandsschulwesen - ZfA) em Colônia. Sua função consiste em fomentar o ensino da língua alemã no RS. Ele  aconselha e apóia as  iniciativas de secretários de educação, diretores de escolas e professores  nos assuntos relacionados ao ensino da língua alemã. Ele não é somente interlocutor e organizador das provas de língua alemã, mas também coloca material de ensino e livros à disposição, oferece regularmente cursos de atualização e seminários para professores e procura despertar o interesse pela língua e pela cultura alemã por parte de alunos e professores através de concursos e de bolsas de estudos na Alemanha. O Coordenador da Língua Alemã trabalha em estreita colaboração com o Instituto Goethe em Porto Alegre, que possui objetivos semelhantes.
O Departamento Central para o Ensino no Exterior apóia através da Coordenação de Língua não apenas o ensino da língua alemã nas escolas. Além disto, este departamento presta outra relevante contribuição para a formação e qualificação de professores de língua alemã no Instituto de Formação de Professores de Língua Alemã (IFPLA), em São Leopoldo. O Instituto está subordinado à Associação Evangélica de Ensino em Ivoti, está porém conveniado com a Universidade do Vale do Rio dos Sinos, mantida pelos Jesuítas. O Coordenador da Língua Alemã é também professor do Instituto e simultaneamente acompanha o trabalho de três coordenadoras regionais, professoras brasileiras, ligadas ao IFPLA, que se ocupam com grande dedicação e muito sucesso do aperfeiçoamento dos
professores em diversas regiões do estado. Não há dúvida de que a importância e os conteúdos da disciplina de Língua Alemã deverão se modificar nos próximos 180 anos. Precisamos pensar tão somente na concorrência  que surge com as línguas inglês e espanhol. No entanto, proclamar o fim do ensino da língua alemã porquanto se estimula o ensino do inglês seria certamente o caminho errado. O IFPLA, a Coordenação da Língua Alemã e as Coordenadoras Regionais concordam plenamente que as modificações vindouras significam um desafio que exige muita criatividade na procura por novos caminhos no ensino da língua alemã.

 

Traduzido por Darli Breunig

 

*Henning Fülbier é o coordenador do ensino de alemão no RS.