Prezada Amiga:

Prezado Amigo:

 

O governo alemão lançou recentemente o “Manual da Alemanha” – um livro de 220 páginas em seis idiomas (www.dw-world.de/brazil, 24/02/2004), destinado a explicar o “funcionamento” da Alemanha para os 7,3 milhões de estrangeiros que ali vivem. É o “manual de uso” da Alemanha para quem não assimila o país com a mesma naturalidade dos nativos.

 

Nos 180 Anos da Imigração Alemã no Brasil (1824-2004), a comparação vem a propósito. Existem, é certo, muitas e louváveis iniciativas editoriais que abordam a imigração alemã sob os mais variados aspectos: históricos, genealógicos, econômicos, políticos, filosóficos, artísticos e assim por diante. Certamente a 50ª Feira do Livro de Porto Alegre (29/10 a 14/11/2004), que terá a Alemanha como país homenageado, mostrará todo o vigor desta produção bibliográfica em estande paralelo.

 

Mas o que nos inspira a coordenar um projeto editorial referente ao tema Brasil-Alemanha no momento mágico e propício das amplas comemorações dos 180 Anos da Imigração Alemã no Brasil lembra a iniciativa que teve o governo alemão. Em nosso caso, é colocar um manual útil e prático nas mãos de quem busca qualquer tipo de aproximação com o universo Brasil-Alemanha.

 

Vários anos de vivência mais direta com este universo através do programa radiofônico AHAI – A Hora Alemã Intercomunitária/Die deutsche Stunde der Gemeinden (1994-2004), de Assessoria de Imprensa no Consulado Geral da Alemanha em Porto Alegre (1998-2004) e de edição do portal www.brasilalemanha.com.br (2001-2004) me revelaram o quanto é rica esta teia de relações construtivas. Mas, mesmo assim, ela tem sido uma caixinha de surpresas, só desvendadas aos poucos e nem sempre ao alcance quando mais delas se precisa.

 

Quais são os mecanismos deste entrelaçamento de nações e culturas, fadado a um célere aprofundamento na nova era que se inaugurou com a universalização da informática? Há 180 anos, os imigrantes pioneiros se despediam de familiares, parentes, amigos e conterrâneos para nunca mais voltarem, levavam em média três meses para atravessarem o Atlântico e davam graças a Deus por poderem desbravar a mata virgem abundante na pátria de adoção. A Alemanha que lhes restava era a que traziam dentro de si.

Hoje, em frações de segundo, acessamos instituições, órgãos governamentais, empresas, universidades do país de origem de nossos antepassados, alargando nossos horizontes existenciais.

 

A proposta do livro “A Presença Alemã no Brasil, 180 Anos  – passado, presente, futuro” é aproximar ainda mais Brasil e Alemanha,  mostrando a todos os interessados o quanto o imigrante alemão já contribuiu para o desenvolvimento do Brasil e o quanto a aproximação Brasil-Alemanha pode se acelerar mediante a difusão dos mecanismos que alicerçam as múltiplas relações entre os dois países, inclusive na condição destes como exponenciais representantes do Mercosul e da União Européia, também em busca de maior aproximação.

 

É dentro deste espírito que apresentamos à senhora, ao senhor, nosso convite para colaborar com o projeto. Será um livro bilíngüe português-alemão, de sugestivas 180 páginas, formato 24 x 30 cm, metade textos, metade ilustrações, com muitos autores de pequenos artigos e alguma bibliografia pertinente. A complementação natural do livro, que num segundo momento deverá receber também uma edição popular, de bolso, será o portal www.brasilalemanha.com.br. Atualmente em fase de reestruturação, ele será o desaguadouro natural de tudo quanto, por escassez de espaço, não puder passar de simples referência nos temas contemplados pelo livro.


Lembramo-nos  do  seu   nome,  ou   por  conhecimento  direto, ou    por

recomendação de outros ou ainda por imposição lógica do seu cargo à frente de uma das instituições a serem apresentadas. Um bom número de candidatos já tomou conhecimento do projeto inicial através de uma circular enviada em janeiro deste ano. Outros estão tendo este primeiro contato agora, num momento em que o livro já apresenta contornos mais definidos.

 

         No anexo, temos uma visão de conjunto do mosaico que estaremos montando todos juntos, cada um em sua área específica. Ao analisar o projeto, folgaria saber que cada especialista ali identificado assumisse sua parte e traçasse um breve perfil do tema que lhe foi destinado, que deverá oscilar em torno de 30 linhas em escrita “times new roman”, tamanho 14. Nos próximos dias, após consulta final ao designer gráfico Flávio Wild (o mesmo do primoroso livro do fotógrafo Leonid Streliev sobre o RS), teremos condições de definir o espaço exato de cada autor – que esta pequena demora não atrase o início da sua pesquisa! Convém ter em conta que seu artigo ainda precisará ser vertido para o alemão ou para o português, o que, naturalmente, implicará a necessidade de textos concisos, quase telegráficos. Conceitos importantes e indispensáveis poderão ser remetidos à edição eletrônica do livro no portal www.brasilalemanha.com.br mediante grifo de palavras-chave.


         A rigor, trata-se de uma obra impressa com prolongamento eletrônico, a demonstrar plasticamente a nova fase das relações possíveis entre países geograficamente tão distantes, mas tão intimamente unidos por laços humanos, culturais, científicos, religiosos, políticos, econômicos e ambientais, graças aos milagres dos modernos meios de comunicação, comandados pela informática.

 

Cada contribuição terá de ser necessariamente abrangente, mas sem descer a detalhes. Complementações, aprofundamentos de temas dentro do tema e bibliografias poderão ser direcionados para um Saiba mais >>> www.brasilalemanha.com.br . Já o texto impresso terá de limitar-se ao número de linhas demarcado, com digitação no já proposto formato “times new roman”, tamanho 14.

 

Desde já, nossos agradecimentos e nossa convicção de que esta aproximação Brasil-Alemanha, Mercosul-União Européia muito contribuirá para a preservação e dinamização da tradição multicultural brasileira, alicerçada no passado, ancorada no presente e fortemente projetada para o futuro.

 

Cordialmente,

Sílvio Aloysio Rockenbach

180 Anos da Imigração Alemã no Brasil

Comissão Executiva Central – Comunicação

180anos@brasilalemanha.com.br

www.brasilalemanha.com.br

Tel./fax: 0xx51/3328 6198 (dias úteis, só a partir as 14 horas).